carlota flieg

Carlota Flieg, alemã, natural do Brasil, vive em Lisboa desde 1992. Formada em Desenho Industrial, esteve ligada à produtora de cinema de animação Animais Lda. onde pintou e editou filmes como: “CofCof” de Zepe, “Táxi!”, “Selo ou não Sê-lo” e “Do Céu e da Terra” de Isabel Aboim. Desde 2000 trabalha como freelancer. É produtora e desenvolve grafismos para vídeo, tais como para o programa “Mana África” e para vídeos institucionais e de formação, para clientes como os Jogos Santa Casa, Publihappening/Galp Energia, IFH, Manz Produções, Centro Hospitalar de Setúbal, entre muitos outros.

Realiza trabalhos de concepção gráfica para entidades como a Fundação Calouste Gulbenkian, a Direcção-Geral da Saúde ou a Editora Zero a Oito e ilustrações para livros infantis, entre os quais: “Histórias do Ambiente” (JFSão Marcos, 2005), “Primeiro Sexo” (Editora Sete Caminhos, 2005),  “Gabriel Direitinho”, (Editora Edeline, 2009) e “Ungali” (Porto Editora, 2012).

Ao longo dos anos, tem realizado exposições de pintura e desenho em diversos locais de Lisboa e arredores, tais como o Teatro Taborda, SV Café ou o Espaço SOU Movimento. Foi autora da vaca “Cowcity”, para a Cow Parade de Lisboa em 2006, patrocinada pela Cushman&Wakefield e localizada na Praça dos Restauradores.